Créditos: golero/istock

Horário de verão começa no dia 15 de outubro

Para a alegria de alguns e sofrimento de outros, o horário de verão começa este ano no dia 15 de outubro e vai até o dia 17 de fevereiro. Nesse período, os relógios deverão ser adiantados em 1 hora.

O ajuste muda a rotina nos primeiros dias e costuma alterar o sono e o humor de muita gente. Segundo um estudo realizado pelo Instituto de Psicologia da USP, o corpo humano leva pelo menos 14 dias para adaptar-se à mudança.

E mais grave que isso, a mudança pode trazer consequências à saúde. “A privação do sono pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares, como hipertensão e infarto, além de levar ao cansaço e à sonolência”, alerta o pneumologista Pedro Genta, responsável pelo Centro de Medicina do Sono HCor – Hospital do Coração.

Confira algumas alterações que podem ajudar o processo ser menos doloroso:

Comece a se preparar alguns dias antes

Uma boa estratégia pode ser adotada uma semana antes da mudança. Comece a ir para a cama 15 minutos antes do horário habitual. A cada dois dias, vá dormir 15 minutos ainda mais cedo que as noites anteriores. Isso irá gradualmente mudar seu ritmo de sono e sincronizá-lo com a mudança de hora que está por vir.

Evite café e álcool no período noturno

Não tome café e bebidas com cafeína de quatro a seis horas antes da hora de dormir. O álcool também deve ser evitado, pois atrapalha a qualidade do sono, podendo causar pesadelos e problemas respiratórios.

Ajuste seus hábitos de dormir

É importante ir para a cama apenas na hora de dormir e não para ler ou ver televisão, isso porque a nossa mente se ajusta ao hábito e vai entender que quando você for para a cama é com a finalidade de descansar.

Dê uma pausa nos exercícios físicos intensos

No dia da mudança, exercícios muito pesados poderão te deixar elétrico, prefira fazer atividades mais relaxantes, como alongamento, yoga e meditação.

Cuidado com a alimentação

Aposte em refeições mais leves, ricas em verduras, frutas e legumes. Isso facilitará a digestão, não te deixará pesado.

Não tire cochilos

Por mais sonolento que estiver, evite aquela soneca à tarde ou comecinho da noite, pois ela influenciará seu sono na hora que de fato tiver que dormir.

Respeite o horário do relógio

Nos primeiros dias, seu horário biológico ainda estará desregulado, é importante não segui-lo e respeitar os ponteiros do relógio. Tente ir para a cama, acordar e fazer as refeições no horário novo ou até mais cedo.

5 estratégias infalíveis para dormir melhor