No meio da tarde bate aquela ansiedade, aquela vontade louca de mastigar algo. E aí, o que comer nessas horas? Para te ajudar a fazer escolhas saudáveis, separamos algumas dicas bem descomplicadas de lanches e petiscos que você  pode levar para todo canto e segurar a fome até a próxima refeição. Alguns são ricos em proteínas e outros são ótimas fontes de energia.

Lembrando que nenhum alimento ou nutriente age sozinho. Para uma alimentação equilibrada, é preciso sempre manter um cardápio variado.

1. Muffin de omelete

Créditos: iuliia_n/istock

Omelete em formas com legumes

  • 4 ovos
  • Queijo em cubinhos
  • Legumes da sua preferência
  • Sal, pimenta do reino e orégano a gosto

O preparo é super simples. Basta quebrar os ovos, temperá-los com sal, pimenta e orégano e bater com um garfo até misturar bem. Em uma forma de cupcakes, coloque o recheio que quiser (queijo, cenoura, abobrinha, pimentão, azeitona, tomate em cubinhos) e em seguida despeje o ovo batido. Leve ao forno pré-aquecido a 180º por 20 minutos.

Por que consumir? Ovo é fonte de proteína e os legumes de fibras, vitaminas e minerais.

2. Sanduíche de ricota temperada

Créditos: DronG/istock

Lanche rápido e delicioso

 Receita:

  • 2 fatias de pão de forma integral
  • Ricota fresca
  • 1 colher de sopa de salsinha picada
  • 1 colher de sopa de cebolinha picada
  • Azeite
  • Sal e pimenta a gosto

Coloque a ricota em um recipiente, acrescente a cebolinha e a salsinha e misture bem. Depois tempere com o sal e a pimenta, regue com um fio de azeite e misture novamente. Agora é só rechear as fatias de pão e o seu lanche está pronto!

Por que consumir? A ricota é um queijo rico em proteínas, de baixo teor de gordura e um dos mais indicados pelos nutricionistas para quem está seguindo dietas alimentares.

3. Queijo de corda

Créditos: istock

Queijo de corda feito de mussarela parcialmente desnatada

Coloque um pacote na sua geladeira ou leve para deixar na geladeira do seu trabalho. Na hora de comprar, escolha versões de gordura reduzida para manter as calorias a seu favor.

Por que consumir?  O queijo de corda é uma ótima maneira de ajudar a reforçar a ingestão de proteína.

4. Salada de frutas simples

Créditos: Igor SBP/istock

Saborosa, refrescante e fonte de vitaminas

  • 1 maçã cortada em cubos
  • 1 banana cortada em rodelinhas
  • ½ mamão cortado em cubos
  • 200 ml de suco natural da laranja

Por que consumir? As fibras devem fazer parte da alimentação diária para ajudar no bom funcionamento do organismo.

 5. Sanduíche de queijo branco e linhaça

  • Pão sírio
  • Uma fatia de queijo branco
  • Duas rodelas de tomate
  • 1 colher de linhaça marrom
  • Orégano
  • Azeite e sal a gosto

Para montar o lanche é muito simples, basta recheá-lo com todos os ingredientes acima. Não vai roubar nem 3 minutos do seu tempo.

Por que consumir? O queijo branco é rico em proteínas e tem poucas calorias. Já a linhaça é fonte de ômega 3, ácidos graxos e magnésio.

6. Chips de batata doce

Créditos: MarianZG/istock

A versão saudável da batata frita

  • 1 batata doce
  • Azeite
  • Orégano a gosto

Depois de lavar as batatas, corte-as em fatias finas. Deixe de molho em água com algumas pedras de gelo por cerca de 10 minutos. Então, escorra e seque com papel toalha.  Leve ao forno alto pré-aquecido em uma forma untada e deixe assar por 20 minutos ou até dourar. Por fim polvilhe orégano e é só servir.

Por que consumir? A batata doce é um carboidrato complexo de baixo índice glicêmico e uma ótima fonte de energia para o dia.

7. Mix de oleaginosas 

Créditos: Tashka2000/istock

um punhado de muita saúde

As oleaginosas como amendoim, castanha de caju e amêndoas, além de saudáveis, são fáceis de carregar na bolsa para petiscar em qualquer lugar. Mas nada de comer além da conta. Por serem de alto teor calórico, é recomendável apenas uma porção por dia de 30g a 40g por dia (mais ou menos 1 e 1/2 colher de sopa). Uma boa dica é colocá-las em saquinhos já com a porção certa.

Por que consumir? São ricas em vitamina E e ômega 3 e têm propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

8. Banana assada com canela

Créditos: Celso Dinis/istock

Receita fácil e rápida

E se a vontade é de comer um docinho, a dica é bem simples. Basta cortar duas bananas ao meio no sentido do comprimento, polvilhar canela por cima e levar ao forno ou microondas, o que for mais fácil para você. Como a fruta já é doce, dá para dispensar o açúcar tranquilamente.

Por que consumir? Banana é excelente fonte de carboidrato e rica em vitamina B6, potássio e magnésio. Já a canela acelera o metabolismo e ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue.

Adotar a dieta sem glúten sem necessidade é um erro